Uma empresa que busca crescimento e rentabilidade precisa de funcionários talentosos que queiram estar lá. O mercado de trabalho está mais competitivo, o que leva a uma mudança na abordagem das empresas em relação ao capital humano. É iminente a necessidade de investimento nas pessoas como um fator essencial para o sucesso do negócio. Mas como atrair e reter talentos para vestir a camisa da empresa e trazer resultados positivos?

1 – Invista no treinamento

A capacitação dos profissionais de uma empresa é essencial para o bom funcionamento dos processos e, portanto, está diretamente ligado à boa qualidade do serviço prestado.

Quanto mais capacitado o colaborador for, menos erros cometerá, e mais produtivo ele se torna. Assim, os treinamentos são um investimento da empresa em seu público interno, e não um gasto.

O trabalhador se torna mais assertivo em seus resultados, o que traz satisfação profissional e pessoal. Assim, a empresa mantém resultados cada vez mais positivos e vê a diminuição da rotatividade de colaboradores.

No treinamento, é necessário que seja transmitido ao colaborador os objetivos e metas da organização, bem como o papel do seu cargo no fluxo que busca atingir esses resultados.

2 – Desenvolva os talentos

É preciso criar um ambiente em que os colaboradores se sintam desafiados a explorar e desenvolver seu potencial. Assim, se evitam os sentimentos de acomodação e estagnação que fazem com que os funcionários talentosos queiram experimentar outras oportunidades de trabalho.

3 – Reconheça seus funcionários

Valorize e recompense a participação dos funcionários no sucesso do negócio. Há muitos métodos para realizar isso:

  • Feedbacks sistemáticos, com instrumentos definidos para avaliar as performances e reconhecer bons trabalhos;
  • Recompensas baseadas na meritocracia, bonificando pelos seus resultados e méritos;
  • Evidenciando oportunidades de crescimento com políticas claras de promoção a partir de resultados positivos.

4 – Ofereça bons benefícios

É necessário ter coerência ao definir cargos e salários, para evitar discrepâncias que gerem críticas e insatisfação. Mais do que os salários, a empresa deve oferecer bons benefícios. Novas gerações de trabalhadores tendem a valorizar mais os benefícios do que um aumento de salário.

Dar benefícios para os funcionários pode parecer um peso muito grande no orçamento, especialmente para pequenas e médias empresas. Primeiramente, o benefício é mais do que um custo recorrente, e deve ser visto como um investimento no público interno, na otimização de um recurso essencial para qualquer empresa.

Benefícios como o vale-Refeição ou o vale-Alimentação ajudam a trazer mais saúde para a equipe ao incentivar o investimento numa alimentação melhor. Convênios com outras organizações, oferecendo vale-farmácia, vale-academia, vale-cultura, entre outros, também proporcionam um incentivo à qualidade de vida do funcionário.

Começar oferecendo um bom plano dental é mais barato do que você poderia imaginar, e um grande diferencial no mercado. Mas o benefício mais desejado pelos trabalhadores continua sendo o plano de saúde empresarial que transmite que a empresa se importa e valoriza a vida do colaborador.

Oferecer benefícios não é coisa só de grandes organizações com margens de lucro milionárias. Há planos empresariais a partir de duas vidas, com condições de preço especiais para MEI, pequenas e médias empresas. Quer saber mais? Fale com a gente.

WhatsApp chat